13 junho, 2011

City Hunter - Episódio #03


Confesso: Lee Min Ho fica sexy em cenas de porradaria!!!

Acho que nem precisa avisar que a resenha/resumão a seguir contém spoilers, né?

Já começamos os episódio com nosso Lee Yoon Sung investigando a maracutaia do Maluf coreano. Ele simula um incêndio pra tirar todos do prédio e rouba os documentos que haviam sido picados pelo comparsa do político safado. Depois num trabalho de gênio, ele junta os pedaços dos papéis que continham só números... não me perguntem como isso foi possível.
Logo ele descobre esquema do desvio de dinheiro nada inteligente que consistia em colocar quem não recebeu o bolsa família coreano na lista de quem recebeu. Ele tb coloca uma escuta no telefone do salafrário e ouve ele falando todos os detalhes do roubo com o Maluf coreano. Esses bandidos coreanos são muito burros!

"Olha seu Maluf coreano, o dinheiro que eu desviei pra vc, os 200 milhões,
tá tudo arrumadinho e prontinho, ok? E nem esquenta que não tem
como ter grampo no telefone."

Depois o Lee Yoon Sung faz algo que eu tb não entendi... foi lá tomar o dinheiro desviado do comparsa, mete porrada nos bandidos e tudo isso mostrando a cara como se ninguém nunca fosse reconhecê-lo! Ele tá se achando super-herói por acaso? A credibilidade ele caiu comigo nessa hora! XD
Anyway, depois ele pega os documentos, o dinheiro e a gravação da conversa e manda tudo pro promotor público gracinha, para que assim ele possa colocar o político corrupto no xilindró. Mas aí nós vemos que a Coreia não é lá tão diferente do Brasil, já que o plano obviamente não dá certo e o Maluf coreano sai dessa numa boa. Depois temos uma cena brega em que o Lee Yoon Sung fica puto com a impunidade do político ladrão (olha o pleonasmo, de novo) lembrando das crianças desamparadas, vizinhas da Kim Na Na que estão passando fome pq não receberam o bolsa família coreano.

Pega o dinheiro e ainda olha bem na cara do bandido... acha que ninguém
vai te reconhecer? Um gato desses não tem muitos por aí!

O cara que fazia o desvio do dinheiro obviamente reconheceu o Lee Yoon Sung que já tinha ido lá com a Kim Na Na saber sobre o benefício dos pirralhos... ele lembra tb qual o nome das crianças e agora vai atrás dos pobrezinhos pra descobrir quem diabos é o cara lindo, alto e esbelto que roubou a grana desviada e caguetou eles.
Depois temos algumas cenas bonitinhas que mostram como o Lee Yoon Sung se sente solitário e tristinho por não ter família. Toda vez que se aborrece ele vai atrás da companhia da Kim Na Na. Ele gosta de provocá-la e de dar uma de durão, mas ele é um docinho de coco que sente falta de sua mamãe. Lindinho.
Já na sua grande e vazia casa ele se sente só e liga para sua única figura materna (já que a brasileira lá morreu) que é seu amigo cozinheiro... Tadinho, tão carente! Vem cá que eu te consolo!

Lee Yoon Sung carece de uma família. Tadinho.

Daí corta pra uma cena que mostra como o Lee Jin Pyo é um cara realmente rico. Ele recebe em barras de ouro, que segundo o Silvio já nos ensinou, valem mais do que dinheiro. Depois disso ele manda que o cozinheiro vá pra Coreia cuidar do Lee Yoon Sung.
Em seguida vemos que o presidente é o único dos 5 da lista negra que é gente boa, mas disso a gente já sabia pois ele foi o único que ficou abalado e que tentou impedir o que ocorreu 28 anos atrás...
Mais tarde a filha chatinha do presidente que quer pegar o Lee Yoon Sung de qualquer forma (e quem não quer?), se humilha tentando que convecê-lo a ser seu professor particular... mas ele mais uma vez esculacha a coitada, diz que é biruta e pergunta se ela não tem espelho em casa! hahahahahahaha Fatality!!

"Tá maluca da cabeça, minha filha? Acha que quero algo com você?
Não tem espelho em casa não?"

Agora que o cozinheiro já chegou na Coreia, Lee Yoon Sung pede que ele lhe ajude numa missão, e lá vão os dois colocar em prática o plano pra desmascarar de vez o político corrupto! E isso será na festa de lançamento do livro do sujeito... lá tb está o promotor lindinho que ao que parece é filho de um dos cinco pilantras que estão na lista negra do Lee Yoon Sung!! ÓÓÓÓÓÓÓ Tb está no recinto a Kim Na Na e as duas crianças pobres desvalidas que foram chamadas pelo Maluf coreano pra participar do evento para que possa assim intimidá-las e descobrir a identidade de quem tentou ferrar com ele.
Daí vemos que o neto do Maluf coreano é um escrotinho igual ao avô e por incrivel que pareça estuda na mesma sala das crianças desamparadas amigas da Kim Na Na! WTF!? Neto de político estuda com criança que nem tem o que comer? o_O

Neto escrotinho do Maluf coreano merece umas chineladas!

Lee Yoon Sung se deixa capturar pelos capangas do político corrupto para chegar até ele e provocá-lo para que assim ele confesse suas pilantragens. Logicamente dá certo e nosso herói grava tudo através da câmera escondida em seus óculos gigantes. Depois com a ajuda de seu sidekick cozinheiro, ele manda as imagens para serem transmitidas na festa do político e tb em todos os computadores da Coreia (não me pergunte como) assim desmascarando-o. Quando ele vê o negócio funcionou, mete porrada nos capangas e dá o fora de lá usando o barbante de bandeirinhas mais forte do mundo. E essa cena de luta foi realmente muito legal e admito que o Lee Min Ho fica sexy como herói de ação. Gato.

Lee Yoon Sung elimina os capangas, inclusive o mongol gigante fortão
que não pode faltar...

... e depois foge usando o barbante de bandeirinhas mais forte do mundo.

O Maluf coreano que não é bobo, trata de fugir rapidinho, mas ele não esperava que seus amigos resolvessem madar um cara pra matá-lo, pois não querian correr o risco de que ele os caguetasse. Mas nesse momento nosso Lee Yoon Sung impede o assassinato e entrega o político corrupto fujão numa caixa em frente o escritório do promotor gatchynho, para que o velho safado seja finalmente preso e tenha o que merece. E ele ainda coloca as tags dos soldados que morreram na missão de 28 anos atrás no pescoço do cara pra assim, mandar uma mensagem pros outros.
Depois pra comemorar o sucesso de seu plano ele vai atrás da Kim Na Na pra comemorar e toma um banho numa fonte. Coisa linda.

Entrega expressa de político corrupto.

Vemos que o Lee Jin Pyo ficou putaço com o desfecho da história e liga pro filho perguntando se aquela é sua vingança, pois não se pode confiançar na justiça! Mas Lee Yoon Sung diz que é um bom rapaz e que confiança no poder judiciário. Tem como ser mais heroizinho?
E por fim, o cozinheiro sidekick descobre o paradeiro da mãe do Lee Yoon Sung mas este diz não quer ver a mulher que o abandonou (pois foi o que o Lee Jin Pyo lhe disse que aconteceu). Mas ele obviamente não resiste e vai ver mamãe que agora trabalha numa barraquinha de comida. E justamente neste exato momento o presidente chega de limusine e a chama para bater um papo. E tb justamente nessa mesma hora e nesse mesmo lugar chega o Lee Jin Pyo, que obviamente foi pra Coreia pra se vingar à sua maneira.

Lee Jin Pyo chega pra escrotizar a vida do filho.

Eu pessoalmente achei esse episódio bem sem graça apesar de ter algumas cenas de ação legais e tb cenas ternurinha bonitinhas... mas quando vi que o Lee Jin Pyo chegou com aquela cara de quem veio pra fuder com tudo, fiquei mais animada! Sinto que ele vai dar mais emoção nessa bagaça! XD

7 comentários:

Kyori~ ✿ disse...

ehuehuehuehe

Não sei onde estava até agora que não li sua(s) resenha/resumão antes XD! São muito boas e engraçadas XD!

Deu até vontade de ver. Ultimamente ando me decepcionando muito com doramas, mas esse parece bom *-*. Vamos ver, vou continuar acompanhando XD!

lina inverse disse...

Olá, Kyori!!!
Que legal que vc gostou, fico muito feliz!!! XD
E espero que continue acompanhando sim essas minhas palhaçadas pois de vez em quando eu até desanimo achando que ninguém lê! hahahahaha

Brigadão pelo comentário! ^___^

Esther disse...

Olha eu aqui 'travez, ninguém mandou me perdoar fácil, viu?
Sobre a burrice de atacar os bandidos mostrando a cara eu já descobri o motivo: é pra gente ficar babando pelo cara em cenas de ação oras.

Chae Rin disse...

HKDFSAHNOFÇHAOH MANO, EU TÔ TENDO CRISES DE RISO DESDE QUE ACHEI SEU BLOG POR ACASO!!!! Achei que merecia um comentário.

Fiquei caçando uma resenha sacaniada de Personal Taste porque vi que tu assistiu mas num tem ): pq?

Enfim, o unico motivo de me interessar por City Hunter foi o Lee Min Ho. Mas antes vou terminar de ver Lie To Me, começar Gumiho e Goong, sair do hiatus de Atashidanchi e hgp~f/kads/fh bom.

A resenha de secret garden é tão zoada que quase me fez cair da cadeira hauahauhauahuahauha nem tinha reparado na tosquidão aside da historia porque foi um dos doramas que mais gostei, mas agora.... hauhauah

não que tenha diminuido meus gostos. mas sofri rindo aqui.

de qulquer forma, ótimas resenhas! espero que tu continue com as de city hunter, quem sabe eu me animo pra ver? (pode aparecer mais lee min ho seminu que nós n se importa hauahauhauah)
Abraços!!

lina inverse disse...

Fico feliz que tenha gostado das minhas resenhas engraçaralhas! XD

Eu não fiz resenha de Personal Taste pq quando assisti foi numa época que tinha dado um tempo no blog.

E continuarei sim com as resenhas de City Hunter! Estou um pouco atrasada, mas continuarei sim! E espero que vc continue lendo. E acho que vc devia tentar assistir sim, pra tirar suas próprias conclusões. Fora que o Lee Min Ho tá muuuuuuuuito gato.

beijos e muito obrigada por comentar! Comentários assim me dão bastante ânimo! ^____^

Karlinha disse...

Linaaaaaaaaaaaa, eu sou apaixonada pelo Lee Min Ho desde Boys Before Flowers, conheci o mundo dos doramas a 4 meses e desde então eu amooooooo. Já vi 20 doramas.

Cinty hunter, estou doida para ver.

Unknown disse...

Boa resenha, adoro City Hunter!!

Postar um comentário